Por pbagora.com.br

O MDB da Paraíba, comandado pelo senador José Maranhão descartou a possibilidade de figurar como coadjuvante na disputa pela prefeitura de Campina Grande nas eleições desse ano e decidiu apostar, novamente, no nome da médica Tatiana Medeiros (MDB), que já disputou a corrida eleitoral na cidade, no ano de 2012, mas acabou saindo derrotada.

Em entrevista ao programa Arapuan Verdade, na tarde desta segunda-feira (06), a médica contou que estava convencida a não postular mais nenhum cargo público, seja eletivo ou não, todavia teve o nome ovacionado à unanimidade pela executiva municipal do seu partido, e resolveu encarar outra vez o desafio.

“Na última semana realizamos uma reunião virtual do diretório municipal e o meu nome foi unanimidade, foi consenso para essa disputa, mesmo eu já tendo decidido não mais participar de nenhuma disputa política, de não mais ocupar nenhum cargo de gestão pública da saúde em Campina ou no Estado. Por opção eu já tinha decidido continuar vivendo a minha vida no anonimato, sendo médica como sou há quase 30 anos como operária da saúde, que vive da produção do seu trabalho. Durante essa pandemia não deixei de trabalhar um único dia”, ressaltou.

A emedebista ressaltou que desde o ano passado o senador Maranhão já vinha dando sinais de que Campina Grande não poderia ficar de fora do embate eleitoral majoritário, sobretudo por ser uma cidade de extrema importância não apenas no contexto local, mas também no contexto regional.

“Acerca da pré-candidatura do MDB em Campina Grande, desde 2019 que o senador Maranhão vem trabalhando na perspectiva de candidatura própria nas principais cidades da Paraíba e Campina Grande não poderia ficar de fora. Logicamente, Campina é uma cidade de extrema importância no contexto econômico e no contexto político do nosso Estado e por que não me reportar ao Nordeste como um todo”, emendou.

Na disputa desse ano, no entanto, a médica não contará com o apoio do senador Veneziano Vital, que estará na disputa apoiando a esposa, a ex-secretária Ana Cláudia Vital do Rêgo, pré-candidata à sucessão municipal pelo Podemos.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Não estou entrando na campanha para me vingar de ninguém”, diz Cícero sobre encarar RC na disputa pela PMJP

O ex-senador Cícero Lucena, do Progressistas, minimizou, durante entrevista nesse final de semana, a possibilidade de encarar o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) na disputa pela prefeitura de João Pessoa. Ele…

Eleição indireta em Bayeux tem cinco candidaturas contestadas

Cinco das seis candidaturas registradas para disputar a eleição indireta na cidade de Bayeux correm risco de serem impugnadas. É que um dos inscritos, o Coronel Ardnildo Moraes alegou que…