Por pbagora.com.br

Com uso de tornozeleira eletrônica imposto por determinação judicial, a prefeitura do município de Conde, Márcia Lucena (PSB), também virou notícia essa semana, não apenas por conta dos festejos que promoveu ou da vaquinha online que está realizando para bancar sua defesa no âmbito da Operação Calvário, mas também por ter firmado um contrato com Maria Ester Meneses Rolim ME, empresa da esposa do cantor Escurinho, no valor de R$ 170 mil para promover os eventos que aconteceram durante o período do verão.

No contrato, firmado no dia 07 de janeiro, ficou estipulado que a empresa ficou responsável por produzir eventos artísticos-culturais na cidade, para apresentações de música, artes, ciência, teatro, dança e circo durante o período estipulado.

O cantor Escurinho e a esposa fazem parte do círculo de amigos da prefeita Márcia Lucena e agora também integram os parceiros da gestão municipal.

No âmbito da Operação Calvário, Márcia Lucena, enquanto secretária de Educação, era tratada como uma das integrantes que fazia a Organização Criminosa funcionar no Estado da Paraíba. Daniel Gomes, em delação, disse que a eleição da socialista ocorreu com recursos do ‘caixa da propina’

CLIQUE AQUI E VEJA  O CONTRATO 

Nas redes sociais, Ester se identifica como Produtora Independente, com residência em João Pessoa.

 

PB Agora

Notícias relacionadas

Vereadora de Piancó é intubada com 80% dos pulmões comprometidos

A vereadora de Piancó Erilene Alves da Silva Azevedo de Lacerda (Progressistas), de 40 anos, foi intubada nessa sexta-feira (11) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional de…

Concurso da PMJP: Semob conta com esquema especial de trânsito e transporte

Para garantir o ordenamento viário no entorno das escolas onde estarão sendo aplicadas as provas do concurso da Prefeitura de João Pessoa, neste domingo (13), a Superintendência Executiva de Mobilidade…