Por pbagora.com.br

O governador José Maranhão afirmou em entrevista na manhã desta segunda-feira (13), durante lançamento do Banco de Olhos no Hospital de Emergência e Trauma, que a Paraíba está no vermelho e vê dificuldades para apresentar uma proposta plausível aos delegados de Polícia Civil da Paraíba.

Segundo Maranhão, o governo continua estudando uma proposta e negociando com os delegados o encaminhamento de uma solução que não será fácil.

“Todos sabem que no governo anterior foram feitos 31 planos de cargos e salários que oneraram a receita do estado em quase 20%”, justificou o governador.

“Isso representa um valor muito alto para um estado que trabalha sempre no vermelho, pela carência de recursos e, sobretudo, pelos encargos”, completou Maranhão.

Maranhão garantiu que Segurança Pública seria prioridade. Os primeiros relatórios de auditores no Tribunal de Contas do Estado (TCE) dão conta de que, no mês de março, o Governo do Estado não cumpriu os índices de investimentos estabelecidos pela Constituição Federal. Em entrevista à imprensa o governador José Maranhão (PMDB) não soube explicar a razão pela falta de investimento. 

Leia também:
Abandono de delegacia no Sertão prejudica trabalho de segurança pública no estado
 

Thiago Moraes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Notícias relacionadas

Em 2020, Paraíba registrou redução de 47% nos ataques a bancos

A Paraíba registrou uma redução de 47% nos ataques a bancos e de 23% nos roubos no ano passado, de acordo com os dados do Anuário da Segurança Pública de…

Estado paga salários de janeiro dos servidores nos dias 28 e 29

O pagamento do funcionalismo público estadual referente ao mês de janeiro será efetuado nos próximos dias 28 e 29. Na quinta-feira (28), serão pagos os vencimentos dos aposentados, pensionistas e…