A maratona presencial de preparação para o ‘Desafio Change The Game’, do Google Play, reuniu nessa quarta (4) e quinta-feira (5) mais de mil alunas do ensino médio da Rede Estadual em João Pessoa e Campina Grande. Realizada pela Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia da Paraíba (SEECT), em parceria com o Google, o evento objetivou orientar as estudantes com palestras, dinâmicas e atividades sobre oportunidades no mercado de Tecnologia da Informação (TI) e fomentar a criatividade com a criação de jogos. Além disso, o evento incentivou as estudantes a realizarem a inscrição no Desafio até o dia 30 de setembro.

O ‘Desafio Change The Game’ é uma maratona promovida pelo Google, destinado a jovens meninas de 15 a 21 anos, que irão disputar ideias para criação de jogos para celulares. Em João Pessoa, a maratona foi realizada na quarta-feira (4), no Centro de Formação de Educadores Professora Elisa Bezerra Mineiros, em Mangabeira, e reuniu cerca de 800 alunas. Em Campina Grande, a maratona aconteceu na quinta-feira (5), na Escola Cidadã Integral Professor Bráulio Maia Júnior, das 14h às 18h, com a participação de, aproximadamente, 250 estudantes.

A estudante da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Professor Celestin Malzac, em João Pessoa, Amanda Zênia da Silva, está com o projeto de desenvolver um jogo de aventura. “Um evento como esse traz desenvolvimento para o nosso aprendizado. Trazer nossas ideias e competir é muito divertido, era o incentivo que nós meninas da Rede Estadual estávamos precisando”, falou.
Beatriz Juliana Santos é estudante de informática da Escola Cidadã Integral Técnica João da Matta Cavalcanti, em Mamanguape. A participante vê a maratona como uma oportunidade. “O que me chamou atenção foi trazer essa visibilidade de criação de jogos para nós meninas, porque também jogamos videogames, mas dificilmente vemos mulheres à frente da criação. É muito legal abrir essa porta que vai atrair e despertar muitos talentos. A gente tem capacidade de produzir jogos, de entrar no mundo da tecnologia”, ressaltou.

A representante do Google e Gerente de Projetos da Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro (Softex), Ana Beatriz Pires, parabenizou a dedicação e a parceria da Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia no incentivo das alunas da Rede Estadual. “O objetivo é atrair meninas e mulheres para a tecnologia, trazer união e criatividade. A Rede Estadual, para mim, é pura inovação, isso encanta a gente por que é o que o Google quer, pois as meninas começam a ver a tecnologia como uma oportunidade de carreira, como empregado ou como empregador, de se tornar uma startup e ajudar nosso país a crescer”, contou Ana Beatriz.

Para a professora de Química, Joedna Sabino, promover ações como essa é enriquecedor. “Nossa Secretaria também é de Tecnologia, trazer a Google para a Paraíba mostra o nosso potencial e eu tenho a certeza que só tem a somar”, disse.

Premiação – O Desafio Change The Game é direcionado a todas as escolas, públicas ou privadas, com inscrições abertas até o dia 30 de setembro pelo endereço: g.co/desafiochangethegame. As meninas podem criar qualquer tipo de jogo: de aventura, fantasia e lógica. As duas ganhadoras irão a São Paulo e passarão cinco dias com uma das maiores empresas desenvolvedoras de jogos do Brasil para aprender o processo de desenvolvimento de um game para celular. Os jogos serão publicados no Google Play e ficarão disponíveis por um ano para serem baixados. Além disso, as 500 selecionadas por melhor avaliação terão acesso a 16 cursos online (140 horas de conteúdo) sobre desenvolvimento de jogos e introdução à programação.

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Inscrições do concurso da Fundac continuam até dia 7 de outubro

Continuam abertas até o dia 7 de outubro as inscrições para o concurso da Fundação Desenvolvimento da Criança e Adolescente Alice de Almeida (Fundac). Elas estão sendo feitas exclusivamente pela…

PM é condenado por atirar em local público durante festa, no Sertão

Um policial militar foi condenado por ato de improbidade administrativa em virtude de ter atirado durante a realização de uma festa em um clube na cidade de Pombal. Além da…