Mais de 59% dos trabalhadores no estado da Paraíba estão em ocupações informais. Pelo menos é o que aponta os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADc), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira (19). O percentual representa 882 mil pessoas e mostra que, até o terceiro trimestre deste ano, a taxa de informalidade permaneceu estável em relação ao trimestre anterior.

De acordo com a pesquisa, entre os trabalhos informais, 407 mil são por conta própria, sem CNPJ; 327 mil são empregados sem carteira de trabalho assinada; e 82 mil são trabalhadores domésticos sem carteira assinada. Há também 48 mil pessoas ocupadas como “trabalhador familiar auxiliar” e 18 mil como “empregador sem CNPJ”.

Ainda segundo o levantamento, em comparação ao terceiro trimestre de 2018, quando havia 918 mil pessoas em ocupações informais no estado, a taxa teve uma redução de 0,7% e caiu de 59,9% para 59,2%.

Já a taxa de formalidade foi de 40,8% no terceiro trimestre de 2019, o que corresponde a aproximadamente 608 mil pessoas em ocupações do tipo, sendo a maior parte, empregados com carteira, o que totaliza 330 mil.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Número de mortes em acidentes de trânsito no carnaval 2020 na PB é o menor em quatro anos

O número de mortes em acidentes de trânsito no carnaval 2020 na Paraíba é o menor em quatro anos, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Os dados foram divulgados pela…

Dono de comércio deve pagar multa por vender bebida alcoólica a adolescente

O juiz Adhailton Lacet Porto, da 1ª Vara da Infância e da Juventude da Capital, aplicou multa no valor de R$ 3 mil ao dono de um comércio, por ter…