Sintur-JP bloqueou 1.593 cartões de estudantes e passageiros de gratuidade em novembro. Esses cartões estariam sendo usados por terceiros.

O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de João Pessoa (Sintur-JP) denuncia que o bloqueio de cartões do Passe Legal aumentou. Segundo a instituição, isso tem acontecido devido ao uso irregular das passagens.

De acordo com a Sintur-JP, desde a implantação da biometria facial vem acompanhamento mensalmente a eficácia do sistema junto aos centros de operações das empresas. A biometria facial contempla estudantes e passageiros que têm direito à gratuidade, ou seja, usuários do transporte público que possuem algum tipo de benefício na passagem.

No entanto, levantamento feito pelo órgão, analisou 1.576.780 acessos nos ônibus que circulam na capital. Deste total, 7.983 passaram por auditoria, que constatou que 1.829 eram irregulares, o que corresponde a prática de pessoas utilizando o cartão Passe Legal de terceiros.

Esses números levaram ao bloqueio de 1.593 cartões em novembro – sendo 1.430 de estudantes e 163 de gratuidade.

Quem teve o cartão bloqueado precisa comparecer à sede do sindicato, que fica na Rua 13 de Maio, Centro, João Pessoa, onde, o usuário será notificado e refaz seu cadastro para conseguir um novo cartão. Em caso de reincidência, ele fica bloqueado para utilizar o cartão por 30 dias e, se voltar a reincidir, por 180 dias.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

ALPB debate instalação de hospital de campanha em Patos

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) realizará, nesta terça-feira (07), a partir das 14h, sessão remota, para discutir a necessidade da instalação de um Hospital de Campanha, na cidade de…

PB tem 41 casos da Covid-19; estado já descartou quase 650

O Governo da Paraíba, através da Secretaria de Estado da Saúde, em boletim emitido no fim da tarde desta terça-feira (7), divulgou a confirmação de 41 casos positivos para o…