Por pbagora.com.br

A Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-PB) publicou dois editais para tornar público o processo inicial de exclusão de 1.586 empresas optantes do Simples Nacional (MEI e micro e pequenas empresas), no Diário Oficial Eletrônico (DOe-Sefaz), que estão com irregularidade no cadastro da inscrição estadual.

Essas empresas têm prazo de 30 dias para procurar a repartição fiscal mais próxima do seu domicílio para realizar a regularização ou então para interpor uma impugnação até a data limite.

Os editais do DOe-Sefaz (N° 00292/2019, N° 00297/2019) trouxeram as listas das empresas com inscrições canceladas que tiveram o processo de exclusão iniciado. Elas poderão ser excluídas de forma definitiva, caso não aconteça a comprovação da regularização do cadastro fiscal.

O empresário ou representante pode consultar os Editais na Sefaz virtual, publicados no Diário Oficial Eletrônico da Sefaz nos dias 14/11/2019 e 20/11/2019.O Diário Oficial Eletrônico pode ser acessado no portal da Sefaz www.sefaz.pb.gov.br

Caso a empresa realize nos próximos 30 dias a comprovação da regularização do cadastro fiscal na repartição fiscal, a inscrição da empresa voltará a ser ativa como optante do Simples Nacional. Já a não regularização também provoca a exclusão definitiva do Simples, a partir de 1º de janeiro de 2020. Vale ressaltar que sendo excluída a matriz, ou quaisquer de suas filiais, todos os demais estabelecimentos são excluídos do Simples Nacional.

PB Agora

Notícias relacionadas

Opinião: lembram-se do discurso “é preciso flexibilizar para salvar a economia?” E agora?…

Está provado: em meio a uma pandemia, o interesse econômico não pode se sobrepor à vida. Aliás, nada e nunca deve estar acima de qualquer vida. Não existe economia sem…

PMCG prepara decreto com medidas para manter situação diferenciada de CG em meio à Covid-19

Prefeito destaca “dever de casa cumprido” pelo Município e adianta que esforço da gestão é para que a cidade não perca o controle conquistado até o momento O prefeito Bruno…