A Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-PB) publicou dois editais para tornar público o processo inicial de exclusão de 1.586 empresas optantes do Simples Nacional (MEI e micro e pequenas empresas), no Diário Oficial Eletrônico (DOe-Sefaz), que estão com irregularidade no cadastro da inscrição estadual.

Essas empresas têm prazo de 30 dias para procurar a repartição fiscal mais próxima do seu domicílio para realizar a regularização ou então para interpor uma impugnação até a data limite.

Os editais do DOe-Sefaz (N° 00292/2019, N° 00297/2019) trouxeram as listas das empresas com inscrições canceladas que tiveram o processo de exclusão iniciado. Elas poderão ser excluídas de forma definitiva, caso não aconteça a comprovação da regularização do cadastro fiscal.

O empresário ou representante pode consultar os Editais na Sefaz virtual, publicados no Diário Oficial Eletrônico da Sefaz nos dias 14/11/2019 e 20/11/2019.O Diário Oficial Eletrônico pode ser acessado no portal da Sefaz www.sefaz.pb.gov.br

Caso a empresa realize nos próximos 30 dias a comprovação da regularização do cadastro fiscal na repartição fiscal, a inscrição da empresa voltará a ser ativa como optante do Simples Nacional. Já a não regularização também provoca a exclusão definitiva do Simples, a partir de 1º de janeiro de 2020. Vale ressaltar que sendo excluída a matriz, ou quaisquer de suas filiais, todos os demais estabelecimentos são excluídos do Simples Nacional.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Abrigo de idosos em JP lança campanha para se manter durante pandemia

A Instituição Espírita Nosso Lar, que mantém um abrigo para 42 idosos, vem enfrentando dificuldades para se manter, durante a pandemia do novo coronavírus. O asilo é uma entidade filantrópica…

Em março nível do Açude de Boqueirão aumentou 8,54 metros; Veja os demais mananciais

Este mês de março vem sendo um dos melhores períodos de cheias dos últimos anos para a região do Cariri em especial para o Açude Epitácio Pessoa, em Boqueirão, que…