Por pbagora.com.br

O deputado Lindolfo Pires (DEM) protocolou, na tarde desta quarta-feira (15), denúncia no Ministério do Trabalho contra a demissão de mais de 80 funcionários protempore, praticada pelo Governo do Estado da Paraíba no município de Sousa.

A denúcia foi entregue pessoalmente pelo parlamentar ao Procurador do Trabalho,Eduardo Varandas, que prometeu providenciar soluções enérgicas sobre o caso.De acordo com o deputado, o governador José Maranhão (PMDB) autorizou a demissão de mais de 80 funcionários do Hospital Regional de Sousa sem nenhuma explicação, em contrapartida contratou mais de cem servidores para substituir o quadro de pessoal do Hospital.

“Mais de 80 pessoas foram afastadas e impedidas de entrar no Hospital sem nenhum tipo de documento que justificasse a demissão, todos os funcionários passam agora por necessidade já que se tratava de chefes de família” disse.

Conforme o parlamentar, e o próprio Ministério do Trabalho, a justiça entende que qualquer funcionário protempore só poderá ser demitido em três situações, são elas: 1 – cometer um ato de irregularidade/ 2 – através de um inquérito administrativo/ 3 – através de preenchimento do cargo por concurso publico.

“Nenhuma dessas situações foi a motivação da demissão dos protempores em Sousa, então não há justificativa para a demissão dos servidores e enquanto não houver nenhum desses casos, essas pessoas tem o dever de permanecer trabalhando”, esclareceu.

Preocupação

O parlamentar revela que, além de pessoas necessitadas terem sido retiradas da função sem as devidas explicações, pessoas sem experiência foram contratadas para assumir os postos, o que pode ocasionar um risco a saúde dos pacientes.

PB Agora
 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Preço da gasolina comum varia até R$ 0,34 entre postos de CG

Na última terça-feira, 12, o Procon de Campina Grande realizou a primeira  pesquisa do ano nos preços de combustíveis comercializados na cidade. Em comparação ao mês passado foi verificado o…

Cirurgias eletivas devem ser retomadas nesta 6ª, na rede municipal de JP

O secretário de Saúde de João Pessoa, Fábio Rocha, anunciou durante entrevista recente que o município irá retomar a realização das cirurgias eletivas, cujas realizações foram adiadas devido a pandemia…