A Paraíba o tempo todo  |

Laudo não confirma causa da morte das irmãs e mistério continua

Enquanto a Paraíba acreditava que o laudo final da Gemol iria elucidar o mistério em torno da morte das meninas irmãs Kauêne Geovania da Silva, de 2 anos e 6 meses, e Suzane Ferreira Vieira da Silva, de 1 ano e 3 meses, a análise não serviu para conlcuir o que de fato matou as crianças.

Depois de ser descartado a violência sexual – supostamente praticada pelo pai – como motivo dos óbitos, foi levantada a tese de envenenamento, a qual poderia ser confirmada nesta terça-feira (20) com o resultado dos exames, o que não ocorreu.

Os delegados Flávio Fabri e Joana D´árc afirmaram que a polícia científica irá fazer a exumação dos corpos das crianças, na qual será coletado material genético para submeter a uma bateria de exames.

MaisPB

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe