Justiça suspende decisão e vereador cassado deve voltar ao cargo, no Sertão da Paraíba

Uma decisão do juiz Carlos Gustavo Guimarães, da comarca de Teixeira, suspendeu a cassação do vereador  vereador da cidade de Desterro, no Sertão do Estado, Tiago Simões e parlamentar, agora, deve voltar ao cargo.

Tiago Simões dos Santos e Napoleão de Almeida, ambos do PR, foram cassados em sessão na última quinta-feira (30). O processo de cassação durou mais de dois meses e os vereadores foram considerados culpados por falsificação de documentos públicos e quebra de decoro parlamentar.

O vereador Napoleão de Almeida impetrou mandado de segurança na Justiça, mas não obteve decisão a respeito. Após a cassação dos dois vereadores, os suplentes Gusmão Almeida e Ermando Rufino assumiram as vagas na Câmara.

Segundo informações do presidente da Câmara Municipal de Desterro, Vamberto Leite, Tiago Simões foi flagrado tentando adulterar o resultado da votação para escolha da Mesa Diretora da Câmara. Já Napoleão Andrade, ocupava a posição de presidente interino da Câmara e legitimou o resultado da votação, mesmo com a denúncia de irregularidade e o registro de um Boletim de Ocorrência na Polícia Civil.

Após o flagrante de adulteração, a Justiça determinou a realização de uma nova eleição, que conduziu Vamberto Leite ao posto de presidente da Câmara por dois anos. O próprio presidente eleito apresentou o pedido de cassação dos dois vereadores.

 

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vereador mais votado em CG é preso em desdobramento da Operação Famintos

Vereador mais votado em Campina Grande com quase cinco mil votos, Renan Maracajá (PSDC foi preso na manhã desta quinta-feira (22) em desdobramento da Operação Famintos. O vereador foi preso…

Empresas de ônibus em CG também são notificadas durante fiscalização

Nove empresas de ônibus foram notificadas durante uma fiscalização realizada nesta terça-feira (20) pela Receita Fiscal no Terminal Rodoviário de Campina Grande. O objetivo da operação “Bilhete Seguro” foi verificar…