Nesta sexta-feira (8), a juíza Silvana Gouveia Cavalcanti, da 2ª Vara de Fazenda Pública da Capital, suspendeu o aumento das passagens de ônibus em João Pessoa, no entanto, o prefeito da Capital, Luciano Cartaxo (PV), editou um novo decreto mantendo o reajuste.

A magistrada, após analisar ação civil pública com pedido de Tutela promovida pela entidade ‘Rede Minha Jampa’ suspendeu o reajuste que aumentou o valor da passagem de R$ 3,55 para R$ 3,95 em 11 de janeiro.

A entidade entrou com representação contra o Município de João Pessoa, a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob), Consórcio UNITRANS, Transnacional-Transportes Nacional de Passageiro-LTDA, Consórcio Nossa Senhora Navegantes e Viação São Jorge LTDA

A juíza Silvana Gouveia determinou o efeito retroativo ao dia 13 de janeiro. Segundo ela, a aprovação dos reajustes tem que ser sancionada pelo chefe do Executivo municipal, no caso, o prefeito de João Pessoa Luciano Cartaxo (PV), o que não teria acontecido.

Confira a decisão clicando aqui

Cartaxo, por sua vez, assinou um novo decreto, que foi publicado em uma edição extra do semanário oficial, publicado ainda na noite desta sexta-feira. restabelecendo aumento nas passagens de ônibus.

Confira a publicação clicando aqui.

 

PB Agora

 

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Cuité, Bananeiras e Itabaiana encerram ciclos de seminários do PB Rural

Os municípios de Cuité, Bananeiras e Itabaiana encerram, na próxima semana, os Ciclos dos Seminários de Divulgação e Informações do Programa PB Rural Sustentável. Em Cuité, o evento acontecerá no…

Deputado federal Efraim Filho defende redução de juros por bancos públicos

O deputado federal paraibano Efraim Filho (DEM) disse em entrevista que estará encaminhando solicitação formal para que o Governo Federal intervenha junto aos bancos públicos para que deem inicio a…