Devido as medidas de prevenções do novo coronavírus, aJustiça de Patos determinou que a Agência Executiva da Gestão de Águas do Estado da Paraíba (Aesa) interdite para visitação e também fiscalize a “Barragem da Farinha”.

O pedido de tutela de urgência foi deferido pela 5ª Vara Mista de Patos e autorizada que a fiscalização seja feita pelos meios necessários, como Polícia Militar, Vigilância Sanitária, entre outras, implantando uma barreira sanitária que proíba a presença da população. A decisão ainda cabe recurso.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PMCG lança cartilha com proposta de retomada gradativa de atividades

Através de uma cartilha, elaborada pela Prefeitura de Campina Grande, um Planejamento Estratégico projeta a retomada gradativa das atividades econômicas no Município, a partir do próximo dia 6 de abril.…

“Somente a PB e mais dois estados tomaram medidas precoces” diz Geraldo Medeiros

O secretário de Saúde do Estado, Geraldo Medeiros ressaltou que não há qualquer intenção por parte do estado de subnotificar casos confirmados ou mortes que possam ocorrer por conta do…