Por pbagora.com.br

Nesta quinta-feira (13), estava marcado o julgamento de Ana Paula Teodósio de Carvalho, apontada como mandante do assassinato do modelo Dalmi Coelho, em dezembro de 2012, mas o advogado da acusada alegou problemas pessoais e não compareceu ao Fórum Juiz João Navarro Filho, em Santa Rita, na grande João Pessoa.

Durante todo o dia, outro acusado, o auxiliar de serviços gerais Júlio César Xavier do Nascimento, de 20 anos está sendo julgado.

 

Outro acusado, Mateus Alves da Silva, apontado como o motorista do carro usado no crime, ocorreu no dia 28 de novembro e ele foi condenado a 17 anos de prisão.

 

  A família de Dalmi ficou revoltada com o adiamento do julgamento da mandante, já que esta é a segunda vez que ocorre.

 

Redação

Notícias relacionadas

Vacinação contra Covid-19 é suspensa em CG e só deve ser retomada na 5ª

A vacinação contra a Covid-19, está suspensa em Campina Grande, e só deve ser retomada na próxima quinta-feira (15), quando o Estado receber e enviar novas remessas do imunizante para…

Covid: 27 pessoas morreram nas últimas 24h; JP lidera registros de novos casos

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, nesta terça-feira (13), 1.272 casos de Covid-19. Entre os confirmados hoje, 99 (7,78%) são casos de pacientes hospitalizados e 1.173 (92,21%) são…