O Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) liberou os empréstimos por meio do programa Empreender, do Governo do Estado. O juiz convocado Tércio Chaves de Moura, do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), deferiu, em decisão proferida na tarde desta quarta-feira (29), liminar em um Mandado de Segurança impetrado pela Procuradoria Geral do Estado (PGE), e determinou a suspensão, até o julgamento do mérito da ação, dos efeitos do acórdão do Tribunal de Contas do Estado (TCE) que suspendeu o programa.

 

O magistrado acatou os argumentos apresentados pelo Governo do Estado de que o ato questionado paralisou de forma drástica e desproporcional o Empreender – PB, programa de política pública voltado à geração de ocupação, renda e desenvolvimento econômico, prejudicando inúmeros cidadãos, que ficaram impedidos de ter acesso a incentivos que, ao longo de mais de seis anos, vêm beneficiando milhares de paraibanos.

 

Além disso, argumentou que o ato questionado, além de desarrazoado e desproporcional, também violou o devido processo legal, uma vez que o Estado não teve direito ao contraditório.

A decisão do TCE, que fica suspensa pela liminar do juiz Tércio Chaves de Moura, foi proferida no último dia 8, suspendendo e proibindo a concessão de novos empréstimos do Empreender-PB, sem suspender o recolhimento de pagamentos de empréstimos que já foram concedidos. O argumento foi a suposta falta de transparência.

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Sábado será marcado por protestos contra o desmatamento da Amazônia em JP e CG

A questão do aumento do desmatamento e do número de queimadas na Amazônia impulsionaram cidadãos de todo o mundo a convocar manifestações em defesa da maior floresta tropical do planeta.…

PMJP tem 120 dias para justificar excesso de contratações temporárias, diz TCE

As contas da Prefeitura Municipal de João Pessoa, relativas ao exercício de 2014, foram aprovadas, à maioria, pelo Tribunal de Contas do Estado, em sessão ordinária na manhã desta quarta-feira…