Por pbagora.com.br

A eleição indireta na cidade de Bayeux ganhou um novo capítulo nesta quarta-feira (12) após o juiz de Direito Francisco Antunes, da 4ª Vara Mista de Bayeux, determinar a derrubada da suspensão da eleição indireta no município.

Na decisão de hoje, Antunes afirma que Lucília, por ser vice do presidente da Câmara, jamais poderia alegar “desconhecimento dos prazos do Edital, devidamente debatido na referida Casa Legislativa”. Ele acrescentou que foi anexo aos autos um áudio no qual fica claro que a falta de documentação aconteceu por decisão do partido de Lucília, o Democratas, que não tinha interesse na candidatura dela.

Diante da reviravolta, o pleito deve acontecer amanhã, quinta-feira (13) no plenário da Câmara Municipal de Bayeux, a partir das 9h. Os candidatos eleitos tomarão posse durante uma sessão solene, realizada no mesmo local, no dia 15 de agosto às 19h.

As eleições chegaram a ser suspensas pela Mesa Diretora da Câmara, que optou pela manutenção do vereador Jefferson Kita (Cidadania) como prefeito interino até 31 de dezembro deste ano. No entanto, a decisão foi revista justamente pelo juiz Francisco Antunes, o mesmo que agora determina a realização do pleito.

A corrida pelo comando de Bayeux teve início em 14 de julho, quando o Berg Lima protocolou na Câmara um pedido de renúncia do cargo. A decisão foi tomada uma semana após o Supremo Tribunal Federal (STF) negar o seu retorno, encerrando mais um capítulo de um impasse jurídico vivido desde 2017.

Ainda ontem, terça-feira, dia 11, uma nova decisão suspendia o processo. Desta vez, o pedido havia sido para que houvesse um prazo maior no edital de convocação da eleição, para permitir aos partidos o registro das candidaturas.

CONFIRA A DECISÃO

DESPACHO BAYEUX

VEJA QUEM DISPUTARÁ A ELEIÇÃO INDIRETA

Ao todo, seis chapas foram inscritas para disputar  a eleição indireta. Os 17 vereadores serão responsáveis pela escolha do novo presidente.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mulheres da Paraíba poderão denunciar agressão pelo whatsapp

Desde o início do isolamento social, devido à pandemia do novo coronavírus, o número de pedidas protetivas, expedidas pelo Poder Judiciário, cresceu 13,6%. Por isso, a Assembleia Legislativa da Paraíba…

Suposto atentado contra Nilvan Ferreira teria sido apenas briga de trânsito

A Polícia Civil da Paraíba já identificou os suspeitos de terem sacado uma pistola no meio de um evento de campanha realizado pelo pré-candidato a prefeito de João Pessoa, Nilvan…