Por pbagora.com.br
Foto: reprodução google.maps / Anderson da Silva Serafim

A capital paraibana aparece em último lugar entre as capitais nordestinas em ranking que aponta a qualidade da informação contábil e fiscal. A liderança na região ficou com a cidade do Recife. A capital pernambucana obteve a pontuação 243,656 na avaliação.

Quando a avaliação inclui todas as capitais do país, a posição de João Pessoa é ainda pior. A cidade aparece na 24ª colocação entre as 26 capitais. A nota máxima no país foi conquistada pela cidade de Belo Horizonte, com 244,897. A capital paraibana obteve apenas 198,559.

Após inúmeros reconhecimentos e premiações conquistadas pelo Portal da Transparência, Recife também obtém destaque pela qualidade da informação contábil e fiscal. A precisão das informações repassadas pelo Recife, à Secretaria do Tesouro Nacional (STN), rendeu ao município o primeiro lugar, entre as capitais do Nordeste, em uma pesquisa divulgada nesta terça-feira (01.12). O Ranking da qualidade da informação contábil e fiscal é uma iniciativa da STN criada para avaliar a consistência da informação que o Tesouro recebe por meio do Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro (Siconfi) e estimular a melhoria da qualidade dessa informação.

Recife também ocupa lugar de destaque entre as capitais do país, ficando em segundo lugar, após Belo Horizonte e à frente de Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro com uma pontuação 243,656. A nota do ranking leva em conta quatro dimensões de avaliação: contábil, fiscal, gestão da informação e contábil x fiscal. Para este estudo foram analisados os dados referentes ao ano de 2019.

A primeira edição desse estudo foi publicada em 2019 e tomava como base os dados de 2018, considerando apenas informações estaduais. Neste ano, o estudo também avaliou os municípios.

Para o secretário de Finanças do Recife, Ricardo Dantas, o desempenho do Recife nessa avaliação demonstra a importância dada pela prefeitura à responsabilidade fiscal e à transparência, o que possibilita um acompanhamento da saúde financeira municipal por parte da população. “Esse resultado é muito importante para a gestão porque essa é a primeira vez que a STN avalia os municípios e o Recife estar na liderança, entre os melhores, é uma prova do trabalho sério e consistente que dá exemplo aos demais gestores municipais”, destaca.

Dantas também explica que o município já premiado pela transparência, agora recebe o reconhecimento nacional pela qualidade das suas informações contábeis e fiscais. “Uma gestão para alcançar esse nível de resultado conta necessariamente com uma equipe capacitada e comprometida”, ressalta.

Assessoria
Prefeitura do Recife

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Corpo de jornalista campinense é enterrado; colegas lamentam perda

Luto na imprensa campinense. O corpo do jornalista campinense Fernando Soares dos Santos, de 53 anos, foi sepultado na manhã desta sexta-feira, sob forte comoçaõ. O cortejo com o corpo…

Janeiro Branco: em tempos de pandemia, CG reforça campanha pela saúde mental

Psicóloga Juliana Cunha Lima, primeira-dama, destaca importância do poder público assegurar apoio às pessoas carentes de ajuda profissional A Prefeitura de Campina Grande montou uma programação especial para a Campanha…