Uma imagem de dois jovens deitados, sujos de areia e nus, na rampa da Reitoria da Universidade Federal da Paraíba circulou nas redes sociais, nesta quinta-feira (17).

A apresentação foi feita por dois estudantes do curso de dança da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Vitória Albuquerque e Marcos Moraes são os responsáveis pela performance, que durou cerca de 40 minutos.

A intervenção é chamada de “Corpo Híbrido”  e faz parte da programação do 23º Encontro Nacional dos Estudantes de Arte (Enearte).

O evento teve início no último domingo (13) e segue até o próximo domingo (20).

Durante a apresentação, os artistas permaneceram deitados de bruços e em nenhum momento teriam mostrado os órgãos genitais.

A assessoria de comunicação da UFPB não comentou o tema. A imagem segue repercutindo nas redes sociais e dividindo opiniões.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

ANÁLISE – Governo precisa radicalizar na equipe de articulação política sob pena da gestão fracassar

A última votação para a criação da PB Saúde deixou muito claro que é imperiosa a necessidade de o Governo agir rápido para tentar compor uma base aliada sólida. O…

Grupo rende vigilante no centro de convenções e rouba arma, em JP

Na tarde deste sábado (15), quatro homens armados renderam e roubaram a arma de um vigilante no Centro de Convenções de João Pessoana, PB-008, em Jacarapé. De acordo com a…