Por pbagora.com.br

O corpo da jornalista paraibana Vanuza Ramos, que morreu nana Flórida, nos Estados Unidos, foi cremado neste domingo. Vanuza Ramos iniciou a sua carreira atuando na redação do Jornal da Paraíba, em Campina Grande, à época em que o jornal era editado pelo jornalista Geovaldo de Carvalho.

Vanusa fixou residência nos EUA há alguns anos, onde atuava no jornal Gazeta News.

À época do JP, tinha predileção pelas editorias de Cidade, Política e de Cultura. Ela também fez trabalhos de assessoramento no Poder Legislativo campinense.

A morte da jornalista ocorreu devido a uma parada cardíaca, decorrente de um câncer, que enfrentava há quase dois anos, que entrou em processo de metástase. Familiares de Vanuza estão nos EUA e devem trazer as cinzas da jornalista para Campina Grande.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Portaria estabelece protocolos para visitas em unidades socioeducativas da PB

Uma Portaria estabelece protocolos para visitas de familiares em unidades socioeducativas da Paraíba. A portaria com todos os protocolos de segurança, foram publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE) desta…

Secretário de Saúde da PB denuncia perfil falso nas redes sociais

O secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, denunciou durante entrevista à emissora de rádio de João Pessoa que um perfil falso foi criado com o seu nome na rede…