Por pbagora.com.br

João Pessoa é a capital do Nordeste com a menor taxa de homicídios. De acordo com o Atlas da Violência 2018, divulgado nesta sexta-feira (15), a capital paraibana obteve uma taxa de 44,9 mortes violentas por grupos de 100 mil habitantes. Entre as 309 cidades brasileiras com mais de 100 mil habitantes que constam na lista, João Pessoa aparece na posição 117.

Os dados são referentes à segunda parte do Altas da Violência, referente aos anos de 2006 e 2016. Na primeira parte, o estudo indicou que a Paraíba apresentou a maior redução na taxa de morte de jovensentre 2015 e 2016 no país. Embora, o mesmo estudo apontou que o número de mortes de mulheres aumentou 70% em 10 anos na Paraíba.

Entre as capitais nordestinas, completam a lista abaixo de João Pessoa, as cidades de Teresina, no Piauí; Recife, em Pernambuco; Fortaleza, no Ceará; Maceió, em Alagoas; São Luís, no Maranhão; Salvador, na Bahia; Natal, no Rio Grande do Norte; e Aracaju, em Sergipe.

G1 entrou em contato com a Secretaria da Segurança e Defesa Social (Seds) para repercutir o dado, mas até a publicação da reportagem não havia uma resposta. O próprio Atlas da Violência lista a política pública Paraíba Unida Pela Paz, implementada pela Seds em 2011, é listada como uma medida positiva entre as adotadas no mundo.

Taxa de homicídios nas capitais nordestinas

Cidade Taxa de homicídios por 100 mil hab.
João Pessoa 44,9
Teresina 46,8
Recife 53,1
Fortaleza 55,0
Maceió 55,6
São Luís 59,5
Salvador 61,7
Natal 70,6
Aracaju 76,5

Fonte: Atlas da Violência/Ipea e FBSP

Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Confira a lista de ganhadores da Nota Cidadã do mês de agosto

A realização do 8º Sorteio da Nota Cidadã, nessa segunda-feira (10), na sede da Loteria Estadual da Paraíba (LOTEP), em João Pessoa, contou com recorde do número de participantes com…

Mais de 100 anos antes da Covid-19, PB enfrentava a Gripe Espanhola

A Paraíba, assim como o Brasil e o mundo, vive um momento tenso, com a pandemia do novo coronavírus. A doença já matou mais de 100 mil brasileiros, e ceifou…