Por pbagora.com.br

Se fossem dias normais, as praias do litoral de João Pessoa estariam repletas de banhistas, mas em meio à pandemia do covid-19, as medidas de controle para evitar a propagação do novo coronavírus diminuíram bruscamente o trânsito de pessoas nas orlas das praias da capital é o que afirmou a imprensa o 3º sargento do Comando do Batalhão de Busca e Salvamento do Corpo de Bombeiros da Paraíba, Iranildo Fernandes, que disse acreditar que cerca de 99% das pessoas que frequentam a orla para a prática de exercícios físicos, deixaram tais práticas.

De acordo com Iranildo Fernandes, até ontem, não aconteceu nenhum atrito entre os homens da corporação e as pessoas que eram orientadas a voltarem para suas residências. “Na Praia do Cabo Branco as pessoas costumam caminhar a partir das 4h30, mas ontem, a maioria resolveu obedecer ao decreto e ficar em casa”, comentou o bombeiro que fiscaliza as praias com o uso de quadriciclos.

Ainda segundo ele, as poucas pessoas que foram à praia eram imediatamente abordadas pelos soldados da corporação e orientadas a voltarem para suas casas para cumprirem a lei do isolamento em prevenção à covid-19.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Edital contempla PB com R$ 100 mil para projetos em economia criativa

A Paraíba terá R$ 100 mil destinados a projetos criativos e inovadores aplicáveis em diversas áreas. Os recursos virão do Prêmio Delmiro Gouveia de Economia Criativa, lançado em Recife, pela…

Mídia nacional repercute críticas de professor de Direito da UEPB à Operação Calvário: “lavajatismo”

O site UOL publicou, nesta sexta-feira, reportagem da jornalista Aliny Gama a respeito das declarações do professor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) sobre a Operação Calvário, que tem como…