Por pbagora.com.br

A possibilidade de privatização da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) em 2021 mais uma vez foi descartada pelo governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), durante entrevista, nesta quinta-feira (03)..

Segundo o governador, é importante para manter a regulação do mercado local, tendo em vista que empresas privadas teriam mais interesse em cidades com grandes populações, com alto potencial de consumo, do que em municípios menores.

Em abril de 2017, quando ainda era secretário de Infraestrutura, João havia informado que não existe interesse do Estado em privatizar a companhia. Em 2019, a estatal apresentou lucro contábil de R$ 99.721 milhões.

João Azevêdo destacou o empréstimo do Banco Mundial no Brasil, assinado nessa quarta-feira (2) entre o Governo da Paraíba e a instituição financeira internacional no valor de aproximadamente US$ 127 milhões, que serão destinados à execução do Projeto de Segurança Hídrica do Estado da Paraíba (PSH-PB). A gestão estadual também investirá recursos próprios no montante de US$ 80,2 milhões no setor. totalizando US$ 207,2 milhões.

Sobre possibilidade de concurso público para a estatal, o governador também ressaltou que não há previsão. O último certame para a empresa foi realizado em 2008, ainda no governo Cássio Cunha Lima.

 

PB Agora

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

MEC divulga selecionados na primeira chamada do Prouni 2021

O Ministério da Educação (MEC) divulgou, hoje (19), a relação dos candidatos aprovados na primeira chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni) de 2021. Os selecionados terão até o dia…

Retorno às aulas: escolas particulares terão que funcionar com 50% da capacidade

Para retomar as atividades presenciais, as unidades de ensino particular deverão cumprir os protocolo estabelecidos pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) através de decreto que libera a volta às…