Por pbagora.com.br
Foto: José Marques

O governador João Azevêdo realizou, nesta sexta-feira (16), uma visita técnica às obras de construção de 500 unidades habitacionais do Residencial Novo Bairro, em Santa Rita. No empreendimento estão sendo investidos mais de R$ 13,1 milhões, dos quais R$ 6,7 milhões são de recursos do tesouro estadual. As residências serão destinadas a famílias com renda mensal bruta de até R$ 1.800,00 e irão beneficiar cerca de duas mil pessoas.

Na ocasião, o chefe do Executivo estadual ressaltou a importância do investimento que irá garantir casa própria para as famílias. “A moradia representa segurança, garante mais qualidade de vida às pessoas e oferece um lugar de apoio e de tranquilidade. Essa é uma obra que nos dá satisfação de realizar porque estaremos transformando o sonho de inúmeras pessoas em realidade”, frisou.

O diretor técnico da Companhia Estadual de Habitação Popular (Cehap), Cláudio Batista, destacou o esforço do Governo do Estado para assegurar a conclusão do empreendimento. “Essa não era uma obra que estava no portfólio do Governo do Estado, era do Programa Minha Casa Minha Vida contratada diretamente com entidades, mas o Estado entrou para que a obra fosse retomada e fez um aporte de mais de R$ 6 milhões para que a construção pudesse ser retomada e concluída. Aqui terão duas lagoas de infiltração para receber as águas de todas as drenagens das ruas do conjunto que serão todas pavimentadas”, explicou.

O representante da União Nacional por Moradia Popular, Alberto Freire da Silva, agradeceu a gestão estadual pela preocupação em assegurar habitação de qualidade aos paraibanos. “Essa obra representa a realização de um sonho para 500 famílias de Santa Rita e essa retomada de obra não seria possível sem a ajuda do Governo do Estado”, comentou.

Foto: José Marques

O secretário de Estado da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos e do Meio Ambiente, Deusdete Queiroga, acompanhou a visita técnica.

As unidades habitacionais são construídas em uma área de 41,27 metros quadrados e obedece às especificações mínimas exigidas pelo Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV), sendo composta por dois quartos, sala, cozinha, área de serviço e banheiro. Todas as casas são adaptáveis aos itens de acessibilidade vigentes nas Normas Brasileiras e Normativos do PMCMV.

A infraestrutura básica do residencial contemplará rede de abastecimento d’água com reservatório elevado, rede de energia elétrica, drenagem de águas pluviais e pavimentação das vias em paralelepípedo. O esgotamento sanitário será composto por sistema individual de fossa séptica e sumidouro.

 

Secom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Entrevistas e visitas marcam agenda dos candidatos a prefeito de João Pessoa nesta quinta

Entrevistas, visitas, encontros e gravação para o Guia Eleitoral, marcam agenda dos candidatos a prefeito de João Pessoa nesta quinta-feira (22) Confira a agenda dos 14 candidatos a prefeito de…

Viúvas de ex-governadores da PB recorrem ao STF para manter pensões

Uma petição, protocolada por quatro viúvas de ex-governadores da Paraíba junto à ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), pede a manutenção do pagamento de aposentadoria. São elas: Marlene…