Por pbagora.com.br

Após sair em defesa do secretário Edvaldo Rosas (PSB), o governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB) decidiu agora também sair em defesa do secretário de Comunicação, Nonato Bandeira (PPS), que foi alvo de críticas recentes do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB).

João lembrou que se hoje Nonato faz parte do quadro de auxiliares do Estado é porque foi o próprio ex-governador que fez o pedido para que ele fosse nomeado e incorporado à nova administração.

“É uma inversão talvez, porque se hoje o secretário Nonato Bandeira é secretário de Estado, foi um pedido pessoal do governador Ricardo Coutinho para que nomeasse ele”, asseverou.

Em entrevista exibida pela TV Tambaú, domingo, Coutinho acusou Nonato Bandeira de tentar destruir o propagado “projeto” do PSB.

As declarações do chefe do executivo foram dadas à imprensa, nesse final de semana, durante a abertura da 52ª edição da Expofeira Paraíba de Agronegócios, que aconteceu no Parque de Exposições, em João Pessoa.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João inaugura Centro de Atendimento ao Autista em JP

O governador João Azevêdo inaugurou, nesta sexta-feira (27), em João Pessoa, o Centro de Atendimento ao Autista, um espaço inovador de gestão pública que vai fortalecer o atendimento de pessoas…

CG: MPPB e MPF recomendam revogação de artigo de decreto que libera eventos

O Ministério Público, através dos seus ramos Federal (MPF) e do Estado (MPPB), expediu recomendação, nessa quarta-feira (25/11), ao Município de Campina Grande para que , seja revogado o artigo…