Por pbagora.com.br

O artesanato paraibano ganhou, nesta sexta-feira (2), uma vitrine que vai fortalecer a comercialização da produção, que sofreu redução por conta da pandemia do coronavírus. O governador João Azevêdo lançou, durante uma live no canal do Governo do Estado no YouTube e nas redes sociais, a plataforma digital do Programa do Artesanato da Paraíba (PAP), que ainda disponibiliza uma série de serviços para o artesão por meio do endereço www.pap.pb.gov.br

Na ocasião, João Azevêdo destacou a importância da plataforma para a produção artesanal do Estado. “Estamos divulgando uma ferramenta que será extremamente útil não apenas para a comercialização, mas acima de tudo para a divulgação daquilo que nós temos dentro do nosso artesanato, um segmento que vem sendo tratado pelo Governo com a importância que merece”, afirmou, ressaltando as ações do Governo do Estado na abertura de novas possibilidades para atividades econômicas como o artesanato ante a pandemia do coronavírus.

Durante a apresentação do site do Programa do Artesanato da Paraíba, João Azevêdo anunciou a abertura de dois museus prevista para dezembro deste ano: o Centro de Referência do Artesanato Paraibano e o Museu Casa do Artista Popular Janete Costa, ambos em João Pessoa. “Com esses espaços, vamos ter ainda mais oportunidade de divulgar o nosso artesanato. Sempre tenho dito que este segmento precisa e vai continuar sendo visto com toda a importância que tem para a cultura do Estado e, da mesma forma, que precisa gerar renda, gerar riqueza para as pessoas que produzem”, acrescentou.

A plataforma digital foi desenvolvida em parceria com a Companhia de Processamento de Dados da Paraíba (Codata). O ambiente virtual oferece uma série de serviços ao artesão paraibano, como a emissão da carteira do Programa do Artesanato da Paraíba (PAP), acesso ao Sistema de Informações Cadastrais do Programa do Artesanato Brasileiro (Sicab) e um canal de contato direto, via WhatsApp, entre o artesão e a equipe do PAP para esclarecimentos de dúvidas, por exemplo.

Outro grande destaque da plataforma é a possibilidade de se conhecer toda a riqueza do artesanato paraibano, num espaço dedicado exclusivamente às tipologias com o contato dos artesãos.

A gestora do Programa do Artesanato da Paraíba, Marielza Rodriguez, que também participou da live, falou da importância da plataforma para os artesãos. “É mais um grande passo que o governador João Azevêdo dá no fortalecimento do artesanato do nosso Estado. Além disso, atende aos anseios dos artesãos, já que a tendência é cada vez mais o cliente utilizar os meios digitais para ter acesso à produção artesanal”, disse.

Sem os salões presenciais por conta da pandemia, a comercialização artesanal da Paraíba foi afetada, a exemplo de outros segmentos econômicos em todo o mundo. Por isso, a importância da iniciativa do Governo do Estado em criar a plataforma digital como estratégia de divulgação.

“Quero dizer ao artesão que ele se sinta dono dessa ferramenta e que use para divulgar ainda mais o seu trabalho”, finalizou Marielza Rodriguez.

 

Redação com Secom/PB

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Uso de tornozeleira e bloqueio de bens de denunciados na Calvário são mantidos

O Tribunal de Justiça da Paraíba, através do desembargador Ricardo Vital de Almeida, relator da Operação Calvário no Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), manteve o uso de tornozeleira eletrônica…

Feriado de finados pode ter comércio aberto em Campina Grande

O comércio de Campina Grande poderá funcionar normalmente na próxima segunda-feira, feriado do Dia de Finados, desde que o patrão pague o abono e conceda folga dentro do período de…