O governador da Paraíba, João Azevêdo, lamentou, em nota, a morte do advogado e defensor públicos Levi Borges de Lima. O jurista foi morto a tiros durante uma tentativa de assalto na cidade do Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife, em Pernambuco. O crime aconteceu na tarde desta quinta-feira (9).

Em nota, João manifestou solidariedade aos familiares.

Confira nota do Governo do estado:

O governador João Azevêdo expressa o seu profundo pesar pela morte trágica do advogado e defensor público Levi Borges de Lima, assassinado durante tentativa de assalto, nesta quinta-feira (9), em um condomínio na Praia do Paiva, no Cabo de Santo Agostinho-PE, região metropolitana de Recife.

O chefe do Executivo manifesta solidariedade aos amigos e familiares, rogando para que Deus conforte a todos neste momento de dor e tristeza.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ex-presidente da Câmara de Cubati é condenado por improbidade

Irregularidades na construção de anexo para funcionamento de biblioteca da Câmara Municipal de Cubati motivaram a condenação do ex-presidente da Casa, Juaci Cordeiro de Souza, pela prática de Improbidade Administrativa.…

Abertura de bancos em CG durante ‘feriadão’ segue indefinida

O Sindicato dos Bancários de Campina Grande tem cobrado da Prefeitura Municipal respostas sobre o funcionamento das agências bancárias durante o feriadão estabelecido pela gestão municipal. Campina Grande antecipou os…