O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico da Paraíba (Iphaep) determinou nessa sexta-feira (31), o embargo das obras do Parque Ecológico Sanhauá.

De acordo com a diretora executiva do Iphaep, Cassandra Figueiredo, a Prefeitura não solicitou o licenciamento para execução de obras na localidade.

“Fomos surpreendidos pela denúncia de moradores sobre o início das obras no Porto do Capim, com a demolição de algumas casas, o que não poderia acontecer porque não há ainda licença para essa intervenção. Pode ser que o projeto seja aprovado, mas até agora ele não foi liberado”, revelou.

Por meio de nota, a Prefeitura Municipal de João Pessoa declarou considerar o ato jurídico como “arbitrário” e avisou que o prefeito Luciano Cartaxo irá se pronunciar sobre o tema na próxima segunda-feira.

PB Agora


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PRF flagra 22 motoristas dirigindo alcoolizados durante operação no feriado

A Polícia Rodoviária Federal finalizou a Operação Nossa Senhora Aparecida 2019 nesse domingo (13). Durante a Operação foram registrados 20 acidentes, com 23 pessoas feridas e 1 óbito. Apesar da…

Homem morre ao colidir moto em caminhão no Litoral Sul

Na madrugada desta segunda-feira (14), um homem morreu ao colidir a moto que pilotava em um caminhão. O acidente aconteceu na PB-018, no Distrito de Mituaçu, município de Conde, Litoral…