O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico da Paraíba (Iphaep) determinou nessa sexta-feira (31), o embargo das obras do Parque Ecológico Sanhauá.

De acordo com a diretora executiva do Iphaep, Cassandra Figueiredo, a Prefeitura não solicitou o licenciamento para execução de obras na localidade.

“Fomos surpreendidos pela denúncia de moradores sobre o início das obras no Porto do Capim, com a demolição de algumas casas, o que não poderia acontecer porque não há ainda licença para essa intervenção. Pode ser que o projeto seja aprovado, mas até agora ele não foi liberado”, revelou.

Por meio de nota, a Prefeitura Municipal de João Pessoa declarou considerar o ato jurídico como “arbitrário” e avisou que o prefeito Luciano Cartaxo irá se pronunciar sobre o tema na próxima segunda-feira.

PB Agora


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Operação constata irregularidades em transportadoras na Grande JP

As empresas transportadoras, localizadas na Grande João Pessoa, foram alvo da 5ª etapa da operação ‘Gestores em Ação’ da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-PB). Durante a operação, 15 equipes…

PRF encontra carro roubado em maio desse ano dentro de matagal

A Polícia Rodoviária Federal da Paraíba encontrou, na manhã desta sexta-feira (16), um veículo Siena, de cor prata, dentro de um matagal, próximo à BR 101, após uma ligação anônima.…