Por pbagora.com.br

Uma nova decisão liminar do Tribunal Regional do Trabalho na Paraíba (TRT 13) interditou pela segunda vez o Instituto de Polícia Científica (IPC) de João Pessoa. A decisão foi da juíza convocada Margarida Alves de Araújo Silva.

Segundo a direção do IPC, com a nova decisão, os serviços que deveriam ser realizados na capital passam a ser feitos em Campina Grande. de acordo com a decisão da magistrada, a suspensão da primeira interdição esteria colocando em risco a vida dos profissionais que atuam no instituto.

O diretor do IPC, Israel Aureliano, declarou que já estavam sendo realizadas as obras de reformas. Ele avalou a nova interdição como uma surpresa. Toda a estrutura física do Instituto de Polícia Científica da Paraíba (IPC) foi interditada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT-PB), no dia 6 de março.

 

PB Agora

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ruy defende campanha sustentável, sem comício, aglomeração ou carreatas

Às vésperas do início da campanha eleitoral, que começa oficialmente no domingo, o pré-candidato Ruy Carneiro defendeu que não sejam realizados comícios nem carreatas, com o objetivo de evitar aglomerações…

Calendário de pagamento é antecipado em Campina Grande

Por determinação do prefeito Romero Rodrigues, o pagamento do funcionalismo municipal de Campina Grande, referente ao mês de setembro, já foi liberado, superando todas as expectativas da categoria quanto à…