A família do turista francês que foi encontrado morto na manhã desse domingo (09) em um iate ancorado na praia do Jacaré, em Cabedelo, ainda não procurou o Instituto de Medicina Legal (IML), em João Pessoa.

O homem foi identificado como sendo François Guillon e sua morte já foi comunicada ao Consulado. 

De acordo com a chefe do Núcleo de Medicina Legal (Numol), Cristiane Freire, a perícia criminal confirmou que teria sido suicídio e que o caso está com o delegado responsável Ademir Fernandes, da Delegacia de Crimes Contra a Pessoa.

PB Agora

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

OPINIÃO! Nem Paulo Câmara, nem Jair Bolsonaro: quem primeiro instituiu o 13º do Bolsa Família foi RC

Pela imprensa nacional, se acompanha uma refrega entre o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, e o presidente da República, Jair Bolsonaro. Cada um, atribuindo a si o mérito de haver…

Com céu nublado, Paraíba tem possibilidade de chuva nesta 2ª

Nesta segunda (21), tempo nublado a parcialmente nublado com possibilidade de chuva em áreas isoladas no Recôncavo, sul e sudoeste da Bahia, da faixa leste de Pernambuco até Sergipe e…