Nesta segunda-feira (07), o pescador Lindivaldo Nunes da Silva, de 34 anos, foi preso acusado de tentar assassinar um  adolescente, de 13 anos, na cidade de Marizópolis (localizada no Alto Sertão paraibano e distante 450 quilômetros de João Pessoa). Para amedrontar outras crianças, matou um gato e bebeu o sangue do animal, em frente à uma escola pública.

 

Ele invadiu a casa do estudante e tentou atacá-lo com uma faca peixeira. Segundo informações da polícia, Lindivaldo Nunes da Silva acredita que só irá para o céu caso consiga matar uma criança. Parentes do suspeito alegam que ele seria portador de doenças mentais, mas a polícia afirmou não ter conhecimento do diagnóstico clínico.

 

Em entrevista, o delegado que acompanhou o caso, Luiz Carlos Pereira, informou que Lindivaldo Nunes da Silva chegou a ameaçar outros estudantes de Marizópolis. Ainda de acordo com a autoridade policial, o homem conhecido popularmente como ‘Corcorã’ matou um gato e bebeu o sangue do animal na frente de uma escola da cidade. “Todos ficaram apavorados, mas felizmente o acusado não conseguiu entrar no local e ninguém ficou ferido”, declarou.

 

Lindivaldo Nunes da Silva já havia sido detido pela Polícia Militar de Marizópolis na última sexta-feira (04), sob as mesmas acusações. Na manhã desta terça-feira (08), ele foi levado para a Colônia Penal Agrícola de Sousa, onde já cumpriu pena.

 

A cidade de Marizópolis fica no lado Oeste da Paraíba e tem pouco mais de 6,5 mil habitantes.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Magistrado encaminha denúncia da Calvário pra Justiça Eleitoral e entra em colisão com MPPB

O ex-procurador do estado da Paraíba, Gilberto Carneiro, foi denunciado pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) no âmbito da Operação Calvário pelos crimes de concussão e ocultação de bens. De…

Civis e militares ameaçam greve e governo pede “bom senso”

Representantes do Fórum das Entidades das Polícias Civil e Militar da Paraíba foram recebidos na última sexta-feira (17) pela equipe econômica do Governo do Estado com o intuito de avaliarem…