O deputado estadual Hervázio Bezerra (PSB) se mostrou preocupado com o fechamento do comércio na Paraíba diante da pandemia do Covid-19, sobretudo com relação aos autônomos, que não tem fonte de renda fixa, dependendo apenas do que comercializam para garantir o pão de cada dia. Para ele, um ponto de convergência deve se adotado, como uma espécie de rodízio.

“Primeiramente o que tenho a dizer é que nós temos que preservar o bem maior que é a vida, mas nós temos que buscar um ponto de convergência, um ponto em comum, fazer disso aí uma espécie de rodízio”, ressaltou, ao lembrar que os setores produtivos precisam de alternativas.

O parlamentar, no entanto, ressaltou que não concorda com o posicionamento do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de que o vírus se trate de uma gripe ou mero resfriado.

“Ele foi crítico e sarcástico, não demonstrando a postura de um chefe de estado com a responsabilidade que tem de dirigir, de guiar e de orientar a nossa nação. Você tem que usar o dom da palavra para dizer que está do lado da razão”, emendou.

As declarações repercutiram no programa Arapuan Verdade, na tarde desta quinta-feira (26)

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

CG: “Que Deus nos proteja”, diz Romero após confirmação de casos de Covid-19

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, usou as redes sociais nesta sexta-feira, 27, para confirmar o primeiro caso do coronavírus na cidade. Em tom de desabafo, Romero pediu inclusive…

Aplicativo ‘Preço da Hora’ ajuda na economia durante crise do coronavírus

O aplicativo ‘Preço da Hora’ do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) auxilia nesse período de pandemia pelo novo coronavírus (COVID -19), que impõe a necessidade de isolamento…