Por pbagora.com.br

Após duas horas e meia de reunião, o governo do Estado não apresentou nenhuma proposta para as reivindicações realizadas pelos delegados do Estado da Paraíba. A explicação para a medida foi a recente crise econômica porque passa o mundo e a Paraíba neste momento.

Gominho teria dito que os cofres públicos estavam sem recursos e que somente em setembro, quando a economia estivesse normalizada, é que eles poderiam voltar a negociar um aumento.

Nesta terça-feira (26), os delegados realizam uma assembleia geral para deliberar sobre o movimento.

O secretário de segurança, Gustavo Gominho garantiu que estará presente na assembléia da categoria para tecer explicações sobre quaisquer duvidas que sejam explanadas pelos delegados.

A assembléia acontece amanhã, no auditório da OAB em Campina Grande
 

 

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João Azevêdo inspeciona obras em Guarabira e Caldas Brandão

O governador João Azevêdo realizou, nesta sexta-feira (30), visitas técnicas à agência da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) do distrito do Cajá e ao reservatório elevado e…

Covid: eleitor sem máscara não terá acesso à cabine de votação, alerta TRE-PB

A coordenadora da Corregedoria do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, Vanessa do Egito, explicou nesta sexta-feira (30), em entrevista concedida em emissora de rádio em João Pessoa, as medidas de…