A Paraíba o tempo todo  |

Governo federal anuncia liberação de R$ 5,7 milhões para obra do canal Acauã-Araçagi

O governo federal informou nesta terça-feira (12) que liberou R$ 5,7 milhões para que o governo da Paraíba aplique nas obras do canal da Acauã-Araçagi. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), o valor foi repassado para assegurar a continuação da obra, que chegou a ser paralisada em setembro deste ano por falta de verba.

A última parcela depositada na conta do governo da Paraíba destinada para a obra havia sido feita no último dia 17 de outubro, quando o MDR destinou mais R$ 11,2 milhões para aplicar na continuação dos serviços. Ainda segundo o governo federal, a quantia de R$ 36,3 milhões foi liberada para o projeto em 2019.

Por conta da falta de pagamento por parte do governo federal e o repasse ao consórcio de empresas responsáveis pela construção, mais de 400 operários entraram em férias coletivas no final de setembro. De acordo com a Secretaria de Estado da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos e do Meio Ambiente, os trabalhadores retornaram ao trabalho no dia 8 de outubro e a construção do canal segue ritmo normal.

O canal, que também é conhecido como Vertente Litorânea, vai ampliar o alcance das águas do eixo leste do projeto de transposição do Rio São Francisco na Paraíba, que já atende mais de 750 mil pessoas em 34 cidades da Paraíba.

O canal Acauã-Araçagi começou a ser construído há oito anos. É a maior obra hídrica do estado da Paraíba, com mais de 100 km de extensão, incluindo pontes, aquedutos e outras estruturas. O lote 1 já está mais adiantado e, se a obra continuar em ritmo normal, ficaria pronta em um ano. O lote 2 ainda precisa de mais dois anos. A construção do canal deve beneficiar cerca de 400 mil habitantes em 35 municípios paraibanos. A obra tem um valor total de cerca de R$ 800 milhões.

Com 217 quilômetros, o Eixo Leste do Projeto São Francisco é composto por seis estações de bombeamento, cinco aquedutos, 12 reservatórios e um túnel. As obras para condução das águas nessa etapa foram concluídas e, em pré-operação desde março de 2017, o trecho vem garantindo o abastecimento de 46 municípios, sendo 12 em Pernambuco e 34 na Paraíba.

Redação com G1

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe