Por pbagora.com.br

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), divulgou, nesta quarta-feira (2), um guia de recomendações sanitárias para as festividades de fim de ano. O documento é voltado para gestores, trabalhadores e população em geral com orientações gerais e específicas sobre reuniões familiares, confraternizações no ambiente de trabalho, planejamento para as compras, viagens, entre outras sugestões.

No geral, as orientações são as recorrentes como: evitar aglomeração, dar preferência a reuniões e encontros virtuais, respeitar o distanciamento entre as pessoas e usar a máscara. O secretário executivo da Saúde da Paraíba, Daniel Beltrammi, acredita que as pessoas estão se perguntando como vai ser a ceia de Natal e a passagem de ano com as recomendações de distanciamento. Ele lembra que evitar o toque continua sendo fundamental para a não propagação do vírus.

“Estamos recomendando que a ceia de Natal e a passagem de ano possam acontecer com a presença das pessoas que residem na mesma casa. Essa é a melhor das recomendações. Por mais que amigos, familiares, avós, netos, pais e filhos estejam com muita saudade do convívio próximo, este não é o momento de afrouxar as restrições”, pontua.

Para as gestões municipais, o guia traz orientações sobre a realização de eventos natalinos nos territórios. Por exemplo, como medida restritiva para evitar aglomeração, fica proibido o chamamento da população para recepcionar o Papai Noel ou para a abertura de qualquer outro tipo de ação da mesma natureza. O documento também recomenda a proibição do contato direto ou muito próximo de crianças e adultos com a pessoa que interpreta a personagem. A distribuição de panfletos, ou de qualquer outro tipo de material, nos eventos também não é recomendada.

Sobre as confraternizações em ambiente de trabalho, uma das recomendações é de priorizar a reunião setorial, com as pessoas que se tem contato diariamente, e evitar a institucional em que toda a instituição participa. Para as tradicionais trocas de presentes, a orientação é permanecer de máscara durante a troca e assegurar a higienização das mãos ao entregar o presente.

O guia também traz dicas, lembretes e orientações quanto ao risco de reinfecção. O documento pode ser acessado na íntegra clicando aqui.

 

Redação com Secom/PB

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Junho ou julho”: secretário de Saúde da Paraíba prevê vacinação de grupo não prioritário

Com base no Programa Nacional de Imunizações (PNI), o secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, acredita que as pessoas que não integram os grupos denominados prioritários só deverão ser…

Prorrogadas, inscrições de concurso da saúde da PMJP terminam hoje

As inscrições para o concurso da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), da área saúde, que se encerravam nesta segunda-feira (18) foram prorrogadas. De acordo com o edital de prorrogação…