Por pbagora.com.br
Foto: Rafaela Felicciano / Metrópoles

Durante o final de semana o governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-PB), negou que tenha ocorrido qualquer elevação de alíquota de ICMS sobre os combustíveis (gasolina, diesel e etanol), no estado.

De acordo com o secretário da Sefaz-PB, Marialvo Laureano, para que se eleve a alíquota de ICMS sobre combustíveis é necessário, primeiro, que se aprove projeto de lei na Assembleia Legislativa.

“O governador João Azevêdo vem ratificando e descartando qualquer possibilidade de haver esse aumento de tributo sobre os combustíveis em seu governo, principalmente nesse momento tão crítico da pandemia. O Governo da Paraíba está voltado e focado, sobretudo, na área de saúde e em desenvolver ações para salvar vidas”, disse, complementando:

“A variação de preços, conforme têm colocado os governos estaduais, não tem a ver com os tributos, mas sim com a política de preços praticada pela Petrobras, que alinha os preços ao mercado internacional” concluiu.

PB Agora

Notícias relacionadas

STJ estende a Gilberto Carneiro e mais dois réus da Calvário benefício concecido a RC

A ministra Laurita Vaz, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), suspendeu monocraticamente o recolhimento domiciliar noturno aos fins de semana e nos feriados de três investigados pela operação Calvário. Os…

Condomínios na PB são obrigados a comunicar violência doméstica contra crianças e idosos

O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), sancionou a lei 11.880/2021, de autoria do deputado Chió (Rede), que determina a comunicação, por parte de condomínios residenciais, de violência doméstica contra…