Por pbagora.com.br

Por conta do avanço do novo coronavírus que está praticamente atingindo o pico na Paraíba, o governador João Azevedo determinou uma série de medidas sociais para estabelecer um plano que atenue os impactos decorrentes da Covid-19 na vida das pessoas em vulnerabilidade social. As novas medidas foram publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (19).

Entre as medidas, estão a aquisição de 60 mil cestas básicas para distribuição com pessoas em condição de vulnerabilidade social; antecipação de R$ 1 milhão dos recursos do Projeto Acolher para atender às demandas emergenciais das Instituições de Longa Permanência para Pessoas Idosas (ILPIS) não contempladas anteriormente; e o aporte de R$ 1 milhão para aquisição de gêneros alimentícios para abastecimento e distribuição, preferencialmente, dos produtores da agricultura familiar.

Também houve modificação no decreto geral, que proíbe, conforme o artigo 2, a realização de missas, cultos e quaisquer cerimônias religiosas, em todo o território estadual. A partir de agora, a proibição contida no decreto não se aplica às atividades de preparação, gravação e transmissão de missas, cultos e quaisquer cerimônias religiosas pela internet ou por outros veículos de comunicação, realizadas em igrejas, templos ou demais locais destinados para essa finalidade, com permissão de presença apenas às autoridades religiosas responsáveis pela celebração, músicos e o correspondente pessoal de apoio técnico.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Telecomunicações: em meio a crise, empresa abre nova loja no Sertão

A Tely Internet é uma empresa 100% paraibana e que está crescendo, apesar da crise econômica e da pandemia que assolam o país. Prova disso é o lançamento, para este…

Edital contempla PB com R$ 100 mil para projetos em economia criativa

A Paraíba terá R$ 100 mil destinados a projetos criativos e inovadores aplicáveis em diversas áreas. Os recursos virão do Prêmio Delmiro Gouveia de Economia Criativa, lançado em Recife, pela…