A Paraíba o tempo todo  |

Golfinho encontrado morto na PB será usado em ações de educação ambiental

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O golfinho da espécie cabeça-de-melão, que foi encontrado morto, na manhã desta quarta-feira (16), na Praia de Formosa, em Cabedelo, será usado em ações de educação ambiental, para conscientizar crianças e adultos sobre a importância da preservação da fauna marinha. O animal apresentava visíveis sinais de que foi machucado por rede de pesca, antes de morrer.

Equipes do Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb) já estão com o golfinho e vão fazer um trabalho de taxidermia (popularmente conhecido como empalhamento) para que o animal seja usado nas ações educativas.

O golfinho tem mais de 2 metros de comprimento. A presença dele no litoral paraibano não é muito comum, mas chega a ser registrada em períodos de passagem. Os ferimentos da rede foram constatados principalmente na parte da cabeça do animal.

O BPAmb alerta que a pesca predatória é considerada crime ambiental, com detenção de até 3 anos e multa que varia de R$ 700,00 até R$ 100 mil.

 

Redação com Secom/PB

 

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe