O Supremo Tribunal Federal (STF),  através de decisão do ministro Gilmar Mendes, negou pedido de Habeas Corpus (HC) solicitado pela defesa de Coriolano Coutinho, irmão do ex-governador Ricardo Coutinho.

No documento, a defesa questionou as medidas cautelares aplicadas pela ministra Laurita Vaz, do STJ, e pelo desembargador Ricardo Vital, do TJPB, dentre elas o uso de tornozeleira eletrônica.

Na análise do HC, Gilmar Mendes entendeu que não se trata de decisão manifestamente contrária à jurisprudência do STF ou de flagrante hipótese de constrangimento ilegal.

 

Redação
com informação de Os Guedes

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Não vamos causar terrorismo” sentenciam secretários sobre medidas de isolamento

Durante coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira (01) os secretários de estado e de João Pessoa detalharam como serão implantadas as medidas mais rígidas de isolamento social em toda…

Bairros de CG tem mudanças na coleta de lixo a partir desta segunda

O sistema de coleta de lixo domiciliar vai mudar em vários bairros de Campina Grande a partir desta segunda-feira (1º passando do período diurno para o noturno. A informação é…