Por pbagora.com.br

O Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) visitou um hospital inacabado na cidade de Pedras de Fogo, no litoral sul paraibano, a 55 km de João Pessoa, na última quinta-feira (28), a convite da gestão municipal. A unidade de saúde começou a ser construída no ano de 2001 e nunca foi concluída. A edificação tem cerca de 2,7 mil m2, conta com bloco cirúrgico, enfermaria, aparelhos para exames de radiografia, autoclave para esterilização de materiais, além de equipamentos de cozinha. Poderia atender à população local e de mais cinco municípios, em torno de 100 mil pessoas, com serviços de cirurgia, obstetrícia, ortopedia, clínica e pediatria. No entanto, a construção do hospital, iniciada há 20 anos, nunca foi finalizada e nenhum paciente foi atendido.

O vice-presidente do CRM-PB, Antonio Henriques, explicou que o Conselho foi ao local a convite da Secretaria Municipal de Saúde.

“O CRM-PB tem um Programa de Interiorização para conhecer de perto as unidades de saúde e contribuir de forma positiva para melhorar o trabalho médico e a assistência à população. Em uma de nossas ações, fomos convidados pela própria gestão atual de Pedras de Fogo, que assumiu agora em janeiro, para conhecer o desperdício e mau uso do dinheiro público”, disse.

O conselheiro Bruno Leandro de Souza, que também participou da visita, informou que o CRM-PB vai elaborar um relatório e encaminhar ao Ministério Público com todas as informações sobre o hospital inacabado. “Vamos continuar vistoriando, visitando e acompanhando o andamento deste caso para que haja, o mais breve possível, o reinício das obras e enfim a inauguração do hospital”, afirmou o conselheiro.

PB Agora

Notícias relacionadas

Em apenas 6h, João Pessoa registra mais de 50,8 mm de chuva, aponta Defesa Civil

Nesta sexta-feira (26), João Pessoa amanheceu sob fortes chuvas. Segundo as informações da Secretaria Executiva da Defesa Civil, até às 9h, foram registrados 50,8 milímetros de volume pluviométrico, porém as…

Após suspensão, trens voltam a circular entre João Pessoa e Santa Rita

Após as fortes chuvas que atingiram João Pessoa e inundaram a linha férrea e impediram a locomoção dos trens por um período da manhã desta sexta-feira (26), a Companhia Brasileira…