A Paraíba o tempo todo  |

Vacina: Geraldo Medeiros enfatiza prioridades e lamenta possíveis ‘fura-filas’

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O secretário de Saúde da Paraíba Geraldo Medeiros lamentou a postura de gestores, auxiliares e pessoas ligadas a gestões de cidades paraibanas que possivelmente utilizaram do cargo que ocupam para ‘furar a fila’ da vacina contra a covid-19, mesmo não estando no grupo prioritário dessa primeira fase.

Geraldo reforçou os grupos que devem ser vacinados neste primeiro momento e disse que a nota técnica é clara com relação a isso.

“A nota técnica assinada ontem ela e bem clara: esse primeiro lote é destinado aos profissionais de saúde que atuam diretamente na frente covid” enfatizou.

O secretário ainda comentou sobre as denúncias que estão surgindo com relação a vacinação indevida e informou que caso a população queira denunciar, pode procurar o Ministério Público da Paraíba (MPPB).

“Se o cidadão paraibano se sente lesado e está observando privilégios por ser parente de alguém, de profissional de saúde ou agente político e não está enquadrado nessa leva que foi definida pelo Ministério da Saúde, ele deve denunciar ao Ministério Público”, disse.

PB Agora

 

 

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      21
      Compartilhe