Por pbagora.com.br

O Sindicato dos Bancários de Campina Grande tem cobrado da Prefeitura Municipal respostas sobre o funcionamento das agências bancárias durante o feriadão estabelecido pela gestão municipal.

Campina Grande antecipou os feriados de Corpus Christi, São João e Finados para os próximos dias 1º, 2 e 3 de junho. A medida é mais uma ação de distanciamento social para conter a disseminação do novo coronavírus (Covid-19).

O presidente do Sindicato, Esdras Luciano, defende que a categoria também seja inclusa no ‘feriadão’ campinense como alternativa de proteção à pandemia. “Com relação ao funcionamento, ou não, dos bancos nos feriados que foram antecipados por decreto da Prefeitura Municipal de Campina Grande, o sindicato ainda não tem uma definição dos bancos se irão ou não funcionar porque o decreto é omisso com relação a isso”, analisou Esdras.

O sindicalista acrescenta que, de acordo com o decreto municipal, os serviços considerados essenciais, conforme previsto na Lei Federal, os bancos deverão permanecer funcionando normalmente. “Dá a entender que as agências irão funcionar, já que os bancos prestam, por decreto federal, um serviço considerado essencial. Portanto, até o momento não temos uma posição e esperamos que haja um diálogo da prefeitura com a Federação Brasileira dos Bancos, para que estes possam definir e informar a sociedade”, declarou o presidente do Sindicato dos Bancários de Campina Grande.

Esdras argumenta que, na visão do sindicato, as agências deverão estar fechadas, mas torce que até a próxima sexta-feira (29) haja uma definição para que a sociedade seja informada. “Se os bancos permanecem funcionando, as pessoas irão continuar circulado e coloca por água abaixo o objetivo desse decreto municipal”, acrescentou.

 

PB Agora

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Wallber se sensibiliza com angústia de comerciantes do Shopping 4400, em JP

O candidato a prefeito de João Pessoa, Wallber Virgolino (Patriota) visitou na tarde desta quarta-feira (9) o Shopping 4-400 e ouviu reclamações de vários comerciantes contra o descaso da Prefeitura…

Justiça atende ação do MPPB e determina que hospital da Facene/Famene corrija irregularidades

A 1ª Vara Civel de João Pessoa deferiu a liminar de tutela de urgência requerida pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) e determinou que o Hospital Universitário Nova Esperança efetue…