Por pbagora.com.br

Mais um mês de chuvas no Sertão Paraibano. É o que previu na tarde desta segunda-feira (20), a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba. De acordo com o Diretor de Operações do órgão, Laudízio Diniz, até o final do mês de maio, a região sertaneja será atingida por fortes pancadas de chuvas.

Nas outras regiões do Estado a chuva deve se estender até o mês de agosto. Conforme Diniz, no litoral, brejo e agreste paraibano o período chuvoso deve perdurar pelos próximos quatro meses.

Segundo dados da AESA, com o aumento do volume das chuvas, pelo menos 20 barragens paraibanas já estão sangrando. Como a previsão é de que as chuvas perdurem por mais um mês em todo Estado, o órgão prevê a sangria de mais 33 barragens até o final de maio.

Apesar dos recentes dilúvios que atingiram a cidade de Patos e municípios do sertão paraibano, Diniz considera a ocorrência de chuvas como normal e positiva, fato confirmado através do aumento dos volumes de rios e barragens na Paraíba.

Histórico das chuvas

Após as fortes chuvas na cidade de Patos, pelo menos 650 famílias ficaram prejudicadas, Conforme o relatório da Defesa Civil, 21 casas destruídas e 175 danificadas pelas chuvas. Do total de 2.645 pessoas, 218 ficaram desabrigadas e foram para um dos quatro abrigos da cidade, outras 2.427 ficaram desalojadas e preferiram casas de parentes.

PB Agora

 

PB Agora

Notícias relacionadas

Homem que causou acidente e morte em JP tem prisão convertida em preventiva

Antônio Carlos Gomes de Oliveira, o homem que causou o acidente que culminou com a morte do baterista Jailson Bezerra, mais conhecido como Dainha, em João Pessoa, teve prisão convertida…

Funesc inicia programação pelos 120 anos de José Lins do Rêgo

Um dos escritores mais importantes da moderna produção literária nacional, o paraibano José Lins do Rêgo faria 120 anos neste ano. E para marcar a data, a Fundação Espaço Cultural…