A terceira etapa do projeto “Focco em Movimento” aconteceu nesta semana em Sousa, no Sertão paraibano e recebeu 12 denúncias de moradores da cidade e de municípios da região. 

Coordenado pelo procurador do Trabalho Cláudio Gadelha, o projeto também premiou estudantes que participaram do Concurso de Redação contra a Corrupção, realizado no último dia 2, em Sousa.

“Fizemos um levantamento em Sousa e região – principalmente no MPF – e detectamos que os maiores casos de investigação são de improbidade administrativa, fraudes em processos licitatórios, pagamento de propina, arranjos, formação de cartel. São todas práticas condenáveis e difíceis de serem detectadas, mas as pessoas compareceram e se interessaram em denunciar”, afirmou Gadelha, coordenador estadual do Fórum Paraibano de Combate à Corrupção (Focco-PB), acrescentando que todas as denúncias serão encaminhadas aos órgãos competentes para investigação.

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

TCE manda ex-prefeito de Cacimba de Dentro devolver quase R$ 200 mil

Contratação da empresa SERVLIMP foi realizada no ano de 2015, mas a decisão foi publicada apenas este ano O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba julgou irregular a dispensa…

Médicos pelo Brasil avança com articulação de Ruy no Congresso

Programa criado para substituir o Mais Médicos e que deve começar a funcionar até novembro, o Médicos pelo Brasil deve ser aprovado no Congresso Nacional após debates aprofundados na comissão…