Por pbagora.com.br

O deputado estadual Expedito Pereira (PMDB) entregou, na tarde desta terça-feira (14) um requerimento, na Assembléia Legislativa solicitando investigações do Ministério Publico Federal, Ministério do Trabalho e Tribunal de Contas do Estado em relação á supostos desvios de verbas ocorridos na prefeitura municipal de Bayeux.

Entre as denúncias, a mais grave, segundo adianta o parlamentar, são os comprovados desvios de verbas destinadas às áreas de Saúde e Educação do município e notadamente no FUNDEB. Na acusação, Pereira alega que o  município de Bayeux recebeu do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica R$ 1 milhão, para serem gastos em salários (40%) e recuperação das instalações (60%), em contrapartida, os salários dos professores são extremamente baixos.

Em seu requerimento, Expedito Pereira também adianta que vai protocolar, junto ao Tribunal de Contas do Estado, uma investigação para averiguar o que ele intitulou de “desmandos administrativos” ocorridos em Bayeux, nos últimos tempos. De acordo com o deputado, o desvio das verbas prejudica gravemente a população da cidade de Bayeux e deve ser combatido pelas autoridades competentes.

Outra denúncia apresentada pelo deputado diz respeito à contratação irregular de pessoas no município. Segundo o parlamentar, dezenas de terceirizados tiveram o contrato rescindido em dezembro de 2008 pela prefeitura, com a promessa de que seriam recontratados em abril de 2009, desde que trabalhassem os meses de janeiro, fevereiro e março de forma gratuita.

 

Márcia Dias
 

PB Agora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Notícias relacionadas

João Azevêdo garante investimentos de R$ 90 mi em obras apenas no mês de janeiro

O governador João Azevêdo anunciou, nesta segunda-feira (25), no programa semanal ‘Conversa com o governador’, transmitido em cadeia estadual pela Rádio Tabajara, a entrega de mais de R$ 47 milhões…

Covid: na Paraíba, bares e restaurantes deverão funcionar apenas até 1h da manhã

O Ministério Público da Paraíba e o Ministério Público do Trabalho realizaram, nesta segunda-feira (25/01), uma reunião com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de João Pessoa e representantes do…