O ex-presidente Michel Temer pode ser preso a qualquer momento. De acordo com O Globo, o Ministério Público Federal (MPF) pediu ao Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) a restauração da prisão preventiva de Michel Temer e mais sete denunciados por crimes ligados ao contrato de Angra 3, usina da Eletronuclear em construção.

O MPF contesta a revogação de prisões preventivas decretadas por Marcelo Bretas.

De acordo com a procuradora regional Monica Campos Ré, as solturas afetam a investigação, a instrução do processo, a aplicação da lei e a recuperação de valores desviados.

Temer, Franco e outros sete alvos por corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro já foram denunciados. De acordo com o MPF, não faltam requisitos para manter a prisão preventiva dos recém-denunciados.

 

Redação

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Assinatura de contratos do Aluízio Campos será retomada nesta segunda

A Prefeitura de Campina Grande, por meio da Secretaria Municipal de Planejamento (Seplan), retoma nesta segunda-feira, 14, o processo de assinatura dos contratos dos contemplados com as 4.100 casas e…

Conselho de Psicologia repudia fala de Eliza sobre depressão e critica desrespeito ao sofrimento humano

A recentes declarações da vereadora Eliza Virgínia, que declarou ter oferecido uma arma para um amigo com depressão que confidenciou a ela que queria tirar a sua própria vida, vêm…