Por pbagora.com.br

O ex-prefeito de Baraúna, Adilson Azevêdo, fez um discurso emocionado no velório do seu filho, também ex-prefeito, Alysson Azevedo, na tarde desta quarta-feira (14).

Alysson foi morto com um tiro pelo pai, quando tentou arrombar a porta da casa dele após ser comunicado por vizinhos de que fumaça saía do local, na segunda-feira.

Durante o discurso, Adilson pediu perdão ao filho. “Queria dizer a vocês o que era esse homem para mim. Era Deus no céu e ele na terra. Nós tínhamos uma amizade profunda e ninguém tirava nossa amizade. Meu filho me perdoe, eu não tive culpa”, afirmou.

Redação com Blog do Márcio Rangel 

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Notícias relacionadas

Empresas iniciam execução de limpeza nesta semana em JP

Nesta segunda-feira (19) a Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) informou, que a contratação emergencial de duas empresas de engenharia para execução dos serviços de limpeza urbana e manejo…

CG: após 6 paradas cardíacas, bebê de 4 meses que caiu da cama deixa UTI do Trauma

Após dar entrada na noite do último dia 4, no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, após cair de uma cama, o bebê de quatro meses da cidade…