Por pbagora.com.br

O Tribunal de Contas do Estado, através de sua 2ª Câmara Deliberativa, mandou o ex-prefeito do município de Bom Jesus devolver R$ 650.921,10 aos cofres públicos. Evandro Gonçalves de Brito também foi multado em R$ 2.805,10 por superfaturamento em obras. A decisão foi tomada na sessão desta terça-feira (28/09/09).

Os gastos excessivos foram detectados em uma inspeção de obras do exercício de 2007, de acordo com o voto do relator do processo, conselheiro substituto Oscar Mamede Santiago Melo, seguido pelos demais integrantes da 2ª Câmara.

Evandro Gonçalves de Brito terá que recolher o montante num prazo de 60 dias. No caso do excesso de gastos com obras, o recolhimento se dará aos cofres municipais e, da multa, aos cofres estaduais. A decisão também será anexada aos processos de prestações de contas do ex-gestor referente aos exercícios de 2007 e 2008.

O relator recomendou ainda que a atual gestão municipal adote providências para sanar falhas na parede do balde do açude localizado no Sítio Tambaba. As rachaduras ameaçam a segurança do reservatório e, conseqüentemente, das famílias que residem nas proximidades.
A sessão da 2ª Câmara Deliberativa foi presidida pelo conselheiro Fernando Catão, em substituição ao conselheiro Arnóbio Alves Viana que está em período de férias.
 

Notícias relacionadas

Live da PMCG em homenagem às mães reúne avó de Juliette, artistas e prefeito

Promovida pela Prefeitura Municipal de Campina Grande por meio da Secretaria de Assistência Social (Semas), a live com tema: “Exemplo de afeto, força e ternura” em alusão ao Dia das…

João pede distanciamento social dos filhos como “prova de amor”

O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), publicou neste domingo (9), Dia das Mães, um vídeo de homenagem às mães e as profissionais da saúde que, neste momento de pandemia,…