A Paraíba o tempo todo  |

Estudo mostra que águas dos rios da Mata Atlântica na Paraíba não têm boa qualidade

No Dia Mundial da Água, um estudo desenvolvido pela Fundação SOS Mata Atlântica, revelou que as águas dos rios da Mata Atlântica na Paraíba não têm boa qualidade.

Ao todo, a Fundação SOS Mata Atlântica analisou 77 trechos de rios em 17 estados do Brasil, que fazem parte do bioma da Mata Atlântica. Na Paraíba, tiveram seus corpos d’água analisados, os risos Gramame, Sanhauá e Mamanguape. Nenhum deles tem águas consideradas de boa ou ótima qualidade.

O rio Gramame, localizado em João Pessoa, teve seu corpo d’água considerado de qualidade ruim. Já o Sanhauá, também localizado em João Pessoa, e o Mamanguape, localizado entre Mamanguape e Rio Tinto, tiveram suas águas consideradas regulares.

No caso de Gramame, a classificação significa que as águas do rio não possuem condições para usos na agricultura, na indústria ou para abastecimento humano.

O estudo mostrou que a precariedade dos índices de qualidade da água está diretamente ligada à saúde das populações, do ambiente e à sustentabilidade da região, alerta a SOS Mata Atlântica.

Redação

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe