Por pbagora.com.br

Cotado para sucessão municipal em João Pessoa, o secretário de Desenvolvimento Social, Diego Tavares, colocou a pauta política em segundo plano para dedicar todos os esforços no auxílio de ações que minimizem os estragos causados pela pandemia do Covid-19.

Segundo ele, o momento agora é de cautela e dedicação, sobretudo com quem mais precisa e não de oportunismo, utilizando um momento tão crítico para colher dividendos políticos.

“Nesse momento nós precisamos ajudar as pessoas. Até mesmo em muitas ações que nós estamos fazendo eu procuro até evitar ir lá para que não seja mal interpretado. Esse momento é de solidariedade e cada um tem sua consciência. Eu tenho a minha consciência tranquila e não vou jamais me utilizar desse momento para fazer qualquer questão política, para se promover em qualquer debate. Nesse momento é de solidariedade. Tenho ajudado e trabalhado muito. Eu tenho a minha responsabilidade enquanto secretário para ajudar cada vez mais na assistência à cidade de João Pessoa. Então eu acredito que esse momento é de muita cautela e dedicação”, disse.

No momento oportuno, conforme o secretário, quando passar a turbulência causada pela pandemia, a questão política voltará ao debate.

“Política a gente discute depois, então a parte da política partidária a gente vai no momento certo discutir para que a gente possa debater o melhor para a cidade de João Pessoa para que o município continue sempre nesse ritmo de desenvolvimento, ao mesmo tempo prestando a solidariedade devida e as medidas certas”, emendou.

As declarações do secretário repercutiram em entrevista ao programa Arapuan Verdade, da Rádio Arapuan.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Covid: PB volta a registrar mais de 700 novos casos em 24h

A Paraíba voltou a registrar mais de 700 novos casos de contaminação pelo novo coronavírus por dia, o que não acontecia desde o mês de setembro. De acordo com boletim…

Pedido de aposentadoria de Arthur Cunha Lima é suspenso por ministro do STJ

O pedido de aposentadoria do conselheiro afastado do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB) Arthur Cunha Lima foi suspenso por ministro do O Superior Tribunal de Justiça (STJ). A decisão,…