Por pbagora.com.br
 
 
Período é oportunidade para população adotar novos hábitos e evitar surpresa nas contas
Desde março, por causa da pandemia do coronavírus, estamos uma vivendo uma realidade nova. Com as pessoas passando mais tempo em casa, a tendência é o aumento do consumo e consequentemente das contas mensais de energia e água, por exemplo. Por isso, o momento é para ficar atento, adotar novos hábitos e aprender a economizar. Nunca foi tão importante praticar o consumo consciente, tema que a Energisa trabalha sempre junto aos seus clientes.

Diante desse cenário, para ajudar a população a manter a conta de energia dentro do valor que já pagavam, a Energisa reuniu dicas valiosas que quando aplicadas reduzem o consumo elétrico. Além de fazer a diferença no valor das contas, a adoção de práticas de consumo sustentável também é importante para contribuir com a preservação do meio ambiente. Afinal, muito se fala sobre o esgotamento dos nossos recursos naturais, mas o assunto ainda não é tratado pela grande maioria com a seriedade que exige.

Segundo a concessionária esta é a hora para colocar em prática ações como trocar lâmpadas fluorescentes por de LED; retirar aparelhos da tomada quando não estiverem sendo usados em vez de deixá-los em modo stand-by; evitar abrir a geladeira constantemente; juntar muitas roupas para ligar o ferro de passar; usar a máquina de lavar na função lavagem rápida; utilizar o ar-condicionado na temperatura 23º e programá-lo para desligar depois de um tempo; e ligar o chuveiro elétrico na função verão.

Além dessas dicas, a Energisa alerta que uma mudança de comportamento e atitudes simples também podem fazer a diferença. Confira:

  • Abrir as cortinas e deixar a luz do sol entrar deixa os ambientes mais arejados e evita que lâmpadas sejam acesas sem necessidade, durante o dia;
  • Manter ventiladores e filtros de ar-condicionado higienizados. Além de prevenir doenças respiratórias, essa prática garante que os aparelhos funcionem com mais eficiência;
  • Quando for abrir a geladeira, escolha o que será retirado antes, diminuindo o tempo da porta aberta. Não é recomendável colocar roupas e sapatos para secar na parte de trás das geladeiras, pois a prática sobrecarrega o motor e aumenta o consumo para manter a temperatura interna;
  • Na cozinha, priorize sempre o uso do forno a gás, ao invés do micro-ondas e do forno elétrico;
  • Vigiar os aparelhos de celular e notebooks enquanto recarregam a bateria também é fundamental para não deixar os equipamentos na tomada mais tempo do que o necessário;
  • Quanto ao computador, nas pequenas pausas desligue o monitor, pois ele é responsável por cerca de 70% do consumo de energia do equipamento;
  • A última dica é ficar atento para não manter dois equipamentos ligados se realmente não os estiver utilizando ao mesmo tempo, como, por exemplo, o computador e a televisão.

Redação com Assessoria

 
 
Notícias relacionadas

Governo da PB rebate notícia do O Antagonista e nega oferta para comprar prédio do Santa Paula

A Secretaria de Estado de Saúde da Paraíba negou, em nota publicada na noite dessa quinta-feira (7), que o prédio do antigo Hospital Santa Paula esteja à venda. No local,…

Covid: 20 mortes foram registradas em 24h; PB já vacinou 1 milhão de pessoas;

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, nesta sexta-feira (07), 1.127 novos casos de Covid-19, em 24 horas. Entre os confirmados hoje, 60 (5,37%) são casos de pacientes hospitalizados…