Por pbagora.com.br

Iniciativa do Movimento Energia do Bem levará artistas que atuam nas Usinas Culturais do Grupo para as casas de brasileiros e estrangeiros

Apresentações acontecerão entre 29 de abril e 3 de maio no YouTube para gerar renda para artistas que tiveram suas atividades interrompidas na pandemia
Artistas interessados em participar do projeto, que terá Alceu Valença e Otto na programação do Dia do Trabalho, podem se inscrever no endereço http://www.fundacaoormeo.org.br/
O Grupo Energisa está convocando artistas da Paraíba, Minas Gerais e Nova Friburgo para participarem do Festival Fique em Cena. O evento, que acontece entre os dias 29 de abril e 3 de maio, terá apresentações musicais de bandas e artistas brasileiros ao vivo pela internet, com arrecadação de doações para artistas locais que foram obrigados a interromper as suas atividades durante a pandemia.

A iniciativa faz parte do Movimento Energia do Bem, liderado pelo Grupo. Artistas como Alceu Valença e Otto participarão da Virada Cultural do Movimento Energia do Bem, que acontece no dia 1º de maio, feriado internacional do Dia do Trabalho, das 13h às 23h. Nesse dia também será transmitido o filme “Maria do Caritó”, estrelado pela atriz Lília Cabral, que participará ao vivo de uma roda de conversa online logo após a sessão.

As “lives” acontecerão no canal da Energisa no YouTube e no perfil da empresa no Instagram. Na descrição de cada transmissão, haverá um link para a plataforma de financiamento coletivo Evoé (www.evoe.cc/festivalfiqueemcena), onde o público poderá efetuar as doações para artistas locais, que precisaram interromper as atividades devido às medidas de combate à Covid-19.

A vice-presidente de Gente e Gestão do Grupo Energisa, Daniele Salomão, explica que o evento ajuda o meio artístico e o público. “Com as medidas de isolamento social para evitar a propagação do novo coronavírus, os shows programados para as nossas Usinas Culturais precisaram ser cancelados ou adiados. Os artistas também ficaram sem seu público, então investimos nesse canal de aproximação que vai permitir que as pessoas assistam aos shows de casa e ainda possam ajudar os artistas de sua região”, conta a executiva.

O Fique em Cena na Usina Energisa integra o Movimento Energia do Bem, liderado pela Energisa com o objetivo de ajudar no combate à pandemia. Junto com 13 parceiros, o movimento está viabilizando ações emergenciais que ajudem a superar a crise humanitária provocada pela doença nos 11 estados onde o Grupo atua. As iniciativas incluem doação e manutenção de ventiladores pulmonares, obras elétricas em unidades públicas de saúde e a captação de recursos para assistência a idosos. Também foi criado o portal Energia do Bem, com informações confiáveis sobre a doença e conteúdo para reduzir os impactos do isolamento social: www.movimentoenergiadobem.com.br.

Sobre a Energisa

Com 115 anos de história, o Grupo Energisa é o 5º maior em distribuição de energia elétrica. Uma das primeiras empresas a abrir capital no Brasil, a companhia controla 11 distribuidoras em Minas Gerais, Paraíba, Rio de Janeiro, Sergipe, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, São Paulo, Paraná, Rondônia e Acre. Com receita líquida anual de R$ 16,9 bilhões (ano 2019), o Grupo atende a 7,8 milhões de clientes (o que representa uma população atendida de quase 20 milhões de pessoas) em 862 municípios de todas as regiões do Brasil, além de gerar aproximadamente 19 mil empregos diretos e indiretos.

Com a missão de transformar energia em conforto, desenvolvimento e oportunidades de forma sustentável, responsável e ética, a Energisa atua com um portfólio diversificado que engloba distribuição, geração, transmissão, serviços para o setor elétrico (Energisa Soluções), serviços especializados de Call Center (Multi Energisa), comercialização de energia (Energisa Comercializadora) e soluções em energias renováveis (Alsol).

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ruy quer levar cidadania, esporte e lazer às áreas mais distantes de JP

Uma reestruturação na cidade, levando serviços às áreas mais distantes e vulneráveis, descentralizando as ações para que a população que mais precisa tenha acesso a cidadania, esporte e lazer. É…

Conselho da OAB-PB aprova desagravos públicos contra delegados após confusão na Central de Polícia

O Conselho Pleno da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), aprovou, por unanimidade, durante reunião extraordinária realizada na noite desse domingo (27), através do sistema de videoconferência, desagravo…